blog marketcap
blog marketcap

Por que o Market Cap do Bitcoin é tão importante?

Descubra o que há por trás dessa métrica fundamental do mercado de criptoativos

Se você está criando uma estratégia de investimento projetada para ajudá-lo a conquistar seus objetivos financeiros de longo prazo, é crucial compreender a relação entre o Market Cap do Bitcoin e seu potencial de retorno e risco. Com esse conhecimento, você estará melhor preparado para executar seu operacional de maneira equilibrada, entendendo o que há por trás da valorização de um ativo digital.

Não sabe o que é Market Cap? Fique tranquilo, que nesse artigo você irá entender o que está por trás desse indicador, como ele funciona e o motivo pelo qual ele é tão importante para a consolidação das criptomoedas mundialmente. Gostou? Então fique com a gente e descubra tudo o que você precisa saber sobre o Market Cap do Bitcoin!

Por que o Market Cap é tão importante?

Também conhecido como “capitalização de mercado”, o Market Cap permite que os investidores entendam o valor relativo de uma criptomoeda em relação às outras, analisando seu histórico de capitalização e projetando o movimento dos investidores a médio e longo prazo.

Há diversos fatores que podem impactar valor de mercado de um criptoativo, como variações significativas em sua cotação – tanto para cima, quanto para baixo –  número de tokens em circulação e quantos ainda serão emitidos.

Além disso, qualquer ativo financeiro pode sofrer variações de preço devido às altas especulações de mercado e possíveis formações de bolhas.

Utilizando o Market Cap nas estratégias de investimento

A eficácia da capitalização de mercado na avaliação de riscos é uma métrica útil para determinar quais criptoativos possuem potencial de valorização, ajudando na criação de uma portifólio de ativos digitais totalmente diversificado. Fazendo uma analogia com o mercado financeiro tradicional, podemos utilizar os conceitos de Small-cap, Mid-cap e Large-cap, para classificarmos as criptomoedas de acordo com o seu Market Cap:

Small-cap

Diversos tokens ERC-20 foram emitidos durante onda de ICO (Initial Coin Offering) a partir de 2017 e ocupam as posições mais baixa no ranking de capitalização de mercado. Projetos que ainda estão no início do roadmap ou que possuem baixa liquidez e volume de negociação, figuram entre as opções de maior risco de investimento a longo prazo. No mercado tradicional, empresas com Small-cap possuem entre US$ 300 milhões a US$ 2 bilhões em capitalização de mercado.

Mid-cap

Os ativos digitais que estão nessa categoria de capitalização de mercado já estão estabelecidos, possuem uma comunidade com desenvolvedores ativos e um whitepaper inovador. Esses criptoativos estão em processo de valorização e expansão no mercado, sendo listados nas principais exchanges de criptomoedas do mundo. Os projetos Mid-cap possuem um risco relativamente maior do que as criptomoedas que estão categorizadas no Large-cap, porém são mais atraentes do que os projetos que estão no Small-cap, por já apresentarem soluções reais e estarem em pleno crescimento no mercado.

No mercado tradicional, empresas com Mid-cap possuem entre 2 a 10 bilhões de dólares em capitalização de mercado.

Large-cap

As criptomoedas com capitalização de mercado que ultrapassam bilhões de dólares geralmente existem há alguns anos e são players bem estabelecidas no cenário Blockchain. O trader que negocia ativos digitais consolidados geralmente conseguem retorno de seus investimentos a longo prazo, pois analisam dados On-Chain, como o hashrateMVRV, por exemplo, tendo os fundamentos sólidos necessários para realizar análises dos criptoativos de sua carteira de investimentos.

No mercado tradicional, empresas com Large-cap possuem acima de US$ 10 bilhões de dólares em capitalização de mercado.

Relação entre o capitalização de mercado e o preço em dólar

A principal característica que torna o Bitcoin totalmente diferente das moedas tradicionais, é o fato dele ser descentralizado, sem nenhum país ou instituição bancária no controle da rede de Bitcoin. Além da facilidade de ter uma carteira de Bitcoin, a próprio tecnologia Blockchain funcionar de maneira completamente transparente.

Market Cap Preço USD
Market Cap X Preço BTC/USD

Todos esses fatores colaboraram para que o índice de preços do Bitcoin (preço médio do BTC nas principais cripto exchanges globais) tenha aumentado significativamente desde sua criação, passando de USD 367  em janeiro de 2016 para um pico de mais de USD 20 mil em dezembro de 2017, ultrapassando a barreira dos USD 22 mil em 2020.

Como calcular o Market Cap do Bitcoin?

Calcular o Market Cap do Bitcoin é simples. Basta multiplicar o último preço de negociação do par BTC/USD, pelo número total de bitcoins minerados até o momento.

Em geral, quanto maior a capitalização de mercado de uma criptomoeda, maior é a dominância dela no mercado. Por esta razão, o Market Cap é considerado um dos indicadores mais importantes para a classificação dos ativos digitais.

Gráfico Preço X Indicador Market Value Bitcoin
Relação entre o preço do BTC e seu Market Cap

Por exemplo, se o Bitcoin for negociado a USD 22.870,00 e possuir aproximadamente 18,5 milhões de tokens em circulação, então o valor de mercado do Bitcoin é de USD 424 bilhões.

É muito comum encontrarmos na mídia, jornalistas e analistas de economia realizando comparações entre o Market Cap de empresas tradicionais, como a Apple, Disney e Coca-Cola, com o valor de mercado do Bitcoin.

O portal Statista divulgou em dezembro de 2020 o ranking das 100 maiores empresas do mundo por capitalização de mercado, de acordo com Statista Research Department, empresa especializada em dados de mercado. Se inserirmos o Bitcoin nesse contexto, como seria o potencial de mercado da criptomoeda mais famosa do mundo?

Ranking com as 10 maiores empresas do mundo

Especificamente falando, o Market Cap é o valor de uma empresa com base no valor total de todas as suas ações. Confira as empresas com maior capitalização de mercado em 2020:

  1. Saudi Arabian Oil Company (Aramco) – US$ 1,68 trilhões
  2. Microsoft – US$ 1,35 trilhões
  3. Apple – US$ 1,28 trilhões
  4. Amazon – US$ 1,23 trilhões
  5. Alphabet – US$ 919 bilhões
  6. Facebook – US$ 583 bilhões
  7. Alibaba – US$ 545 bilhões
  8. Tencent Holdings – US$ 509 bilhões
  9. Berkshire Hathaway – US$ 455 bilhões
    Bitcoin – US$ 424 bilhões
  10. Johnson & Johnson – US$ 395 bilhões

Essa é uma métrica importante para determinar o valor comparativo entre as empresas ou criptomoedas, para encontrar oportunidades no mercado. Assim, muitas bolsas de valores, como NYSE, e no caso dos criptoativos, o CoinMarketCap, divulgam dados de capitalização de mercado sobre os ativos listados.

Top 10 criptomoedas com maior capitalização de mercado

A ferramenta de capitalização de mercado da plataforma Vector fornece dados refinados, como a oferta de tokens no mercado e o percentual de market share dos criptoativos, por exemplo. Agora, confira o ranking das 10 criptomoedas com a maior capitalização de mercado:

WatchlistCapitalização de mercado das criptomoedas

  1. Bitcoin – US$ 424 bilhões
  2. Ethereum – US$ 69 bilhões
  3. XRP – US$ 23 bilhões
  4. Stellar – US$ 20 bilhões
  5. Chainlink – US$ 12 bilhões
  6. Litecoin – US$ 6,9 bilhões
  7. Binance Coin – US$ 6 bilhões
  8. Crypto.com Chain – US$ 5,9 bilhões
  9. Bitcoin Cash – US$ US$ 5,9 bilhões
  10. Cardano – US$ 4,8 bilhões

Market Cap na prática

A capitalização de mercado corresponde ao atual estágio de business development de uma criptomoeda. Normalmente, os investidores em ativos digitais que possuem Large-cap em seu portifólio, são considerados mais conservadores em relação aos que investem em ativos digitais que estão no estágio de Small-cap ou Mid-cap, potencialmente representando menos risco em troca de um potencial de crescimento menos agressivo.

Entretanto, os criptoativos que estão no Mid-cap, que estão entre as grandes e pequenas capitalizações de mercado, estão em um momento decisivo de confirmação de risco ou de potencial retorno a longo prazo. Se a tendência positiva for confirmada, signifca que os criptoativos Mid-cap podem oferecer retornos maiores do que as criptomoedas já consolidadas no mercado.

Conheça o Vector

Se você gostou desse artigo e quer saber mais sobre Dados On-Chain, conheça o VectorPro e tenha à disposiçcão as ferramentas mais avançadas de negociação e análise do criptomercado.