O que é Uniswap? Tudo o que você precisa saber sobre o token UNI

As finanças descentralizadas, ou DeFi, vêm sendo exploradas por diversos setores da economia, especialmente após um expressivo crescimento em 2020, a fim de buscar soluções para diversos problemas do setor financeiro tradicional.

Resumidamente, as DeFi têm como objetivo tornar as finanças mais acessíveis e menos dependentes de intermediários ou reguladores, como instituições financeiras, custodiantes ou bancos centrais.

Esse mercado disponibiliza uma série de produtos inovadores desenvolvidos para fornecer aos investidores formas criativas de obter retornos sobre seus investimentos. 

Embora o boom das Defi tenha ocorrido em 2020, antes disso a Uniswap já apontava como um dos primeiros aplicativos de finanças descentralizadas e atualmente é a DEX mais popular do mercado cripto. Inclusive, através de seu código aberto, outras exchanges foram surgindo, atraindo muitos usuários, como o polêmico caso do SushiSwap. Porém nenhuma conseguiu derrubar a coroa da Uniswap, que aproveitou a situação para desenvolver novos produtos, como sua moeda de governança, o Uni. Siga neste artigo e entenda mais sobre o Uniswap. 

 

O que é Uniswap

Uniswap é um protocolo de finanças descentralizadas, utilizado para negociação de criptomoedas, ou seja, ela é uma exchange descentralizada (DEX), que facilita transações automatizadas entre tokens ERC-20 na blockchain Ethereum usando contratos inteligentes – sem a necessidade de intermediários. 

Por esse motivo, só é possível negociar tokens construídos na blockchain Ethereum, não abrangendo o Bitcoin, por exemplo, que funciona em sua própria blockchain. 

Como um dos primeiros aplicativos de finanças descentralizados na plataforma Ethereum, a Uniswap é uma fabricante automatizada de mercado (AMM). Ou seja, não há um livro de ofertas. A Uniswap envolve a criação de um pool de liquidez por usuários, conhecidos como “Liquidity Providers”, ou provedor de liquidez em português. 

Qualquer pessoa pode lançar tokens na plataforma, atendendo aos padrões ERC-20, desde que se tenha um pool de liquidez disponível. A Uniswap não cobra taxas por essas listagens.  

O padrão ERC-20 nada mais é que um conjunto compartilhado de regras. O conteúdo padronizado inclui informações como nome do token, símbolo, indicação total de oferta, saldo da conta do proprietário, entre outros. 

A Uniswap possui seu token de governança, o UNI, que permite aos usuários votarem em mudanças de protocolo. Os usuários da Uniswap também podem se tornar provedores de pool de liquidez, o que permite que eles recebam recompensas.

Vamos entender nos próximos tópicos como tudo isso é possível e como você pode fazer parte do mundo Uniswap. 

 

Como funciona a estrutura do Uniswap ?

O Uniswap possui um Pool de Liquidez automatizado, onde qualquer um pode se tornar um Formador de Mercado fornecendo liquidez ao Pool de Liquidez. Além disso, ele usa o protocolo Automated Market Maker (AMM) que depende de uma fórmula matemática para precificar os ativos.

AMM são contratos inteligentes que mantêm pools de liquidez ou reservas que os revendedores podem trocar em negociações. Esses pools são subsidiados por LP (provedores de liquidez).

Neste método, o preço de um ativo é baseado em sua oferta e demanda usando uma equação matemática de longa data. O preço da moeda aumenta e diminui dependendo do número de moedas que estão no respectivo pool. No caso da Uniswap, ele se baseia no modelo XYK, que usa a seguinte equação: x*y = k, onde x é a quantidade de um token, y é a quantidade do outro token e k é o produto ou constante.

 

Uniswap V1, V2 e V3

A primeira versão da Uniswap, V1, foi criada em novembro de 2018 por Hayden Adams, e utilizava um único fundo provedor de liquidez e permitia trocas simples entre ETH e UNI. Ele funciona automaticamente sem qualquer manutenção e vai durar enquanto a blockchain Ethereum existir.

Em maio de 2020 houve o lançamento da nova versão, a Uniswap V2, que permite trocas diretas de ERC20 para ERC20. 

Vale lembrar que em 2020 houve o polêmico caso do ataque de vampiros da SushiSwap, que “sugou” a maior parte da liquidez da Uniswap oferecendo aos usuários prêmios de token SUSHI, um token de governança que a UniSwap não possuía à época – você pode entender melhor essa história no nosso artigo sobre SushiSwap

Em contra-ataque, a Uniswap criou a sua própria moeda de governança, o UNI, além de desenvolver melhorias ao seu sistema. 

Um ano depois, em maio de 2021, a Uniswap V3 foi lançada, adicionando novos recursos como liquidez concentrada, eficiência de capital, liquidez ativa, ordens de alcance, liquidez não fungível, taxas mais flexíveis e oracles avançados. 

A principal característica da Uniswap V3 é a liquidez concentrada. Aqui, ao contrário do V2, um usuário pode decidir fornecer liquidez dentro de uma faixa de preço específica. O usuário pode fornecer liquidez dentro de uma determinada faixa de preço e ganhar mais taxas ao mesmo tempo em que recebe um token LP representativo da faixa de liquidez fornecida. Este token LP é único e é, portanto, um NFT, que significa token não fungível, ou seja, que não pode ser substituído. 

Esses NFTs de liquidez que fornecem dentro de uma faixa personalizada não são tokens ERC-20 — como seria o caso. Em vez disso, são NFTs que cumprem a norma ERC-721. 

Assim como o padrão ERC-20, que é um conjunto compartilhado de regras, o ER-20 também possui suas características. Eles abordam as seguintes questões: como a propriedade é decidida, como os tokens são criados, como são destruídos e como  são transferidos?

Resumindo, os tokens ERC-20 são fungíveis e divisíveis, enquanto os tokens ERC-721 são não fungíveis e indivisíveis.

 

Token Uni

Como já mencionado, em 2020, a Uniswap lançou o UNI, token de governança da rede, que permite a propriedade da comunidade sobre o protocolo, possibilitando que usuários votem nas principais alterações do protocolo e iniciativas de desenvolvimento.

Quando o Uniswap lançou o token, ele usou uma forma de distribuição em que distribuiu (airdrop) 400 tokens UNI para cada endereço de carteira que havia interagido com o protocolo Uniswap antes de 1º de setembro.

Todos os tokens UNI estarão disponíveis por quatro anos. Até 2024, 1 bilhão de tokens UNI devem ser distribuídos com a comunidade Uniswap, que são os maiores beneficiários (60%). 21,5% serão destinados a seus funcionários e os 18,5% restantes indo para investidores e consultores. Uma vez distribuídos todos os tokens, a Uniswap manterá a inflação anual de 2% para manter a rede.

https://uniswap.org/static/ef51d794d59869134d3d393b80cc14ad/35b4f/Release_Schedule.png

Os titulares da UNI votam propostas sobre o desenvolvimento do protocolo de software e seu ecossistema. Quem quiser apresentar uma proposta sobre mudanças na rede Uniswap deve possuir pelo menos 1% da oferta total da UNI.

 

Taxas Uniswap

A taxa Uniswap é dividida em três categorias: 

Taxa de pool de liquidez: Quando o usuário negocia um token por outro, ele paga uma taxa padrão de apenas 0,3%. 

Taxa de gás: Uniswap realiza transações de token ERC-20 dentro da rede Ethereum usando taxas de gás. A UniSwap não controla essas taxas, que podem ser bastante altas. 

Deslizamento: Na Uniswap V2, todos os pares correspondiam a um contrato de piscina único que tinha uma taxa padrão de 0,30%. No entanto, com a Uniswap V3 é possível a criação de um pool para cada um dos três níveis de taxa para um par único: 0,05% (pares de maior volume), 0,30% (pares moderadamente populares) e 1,00% (pares exóticos).

Agora, a liquidez pode ser concentrada em uma área menor que permitirá negociações de maior volume com menor deslizamento, já que a liquidez de todos não precisa mais ser esticada ao longo da curva de preços.

Assim, é possível ter três contratos de piscina separados para o mesmo par. O pool com maior liquidez provavelmente será o que reflete a popularidade e relativa volatilidade do par. 

Portanto, vai da escolha do provedor de liquidez escolher a taxa que melhor se adequa ao nível de risco que pode ocorrer. Ressaltando que outros níveis de taxa também podem ser criados por votação no mecanismo de governança do Token UNI.

 

Futuro do Uniswap

A Uniswap, não se abalou com o ataque vampiro da SushiSwap e aproveitou para fazer do limão uma limonada, criando sua própria moeda de governança, o Uni. E, desde então, seu ecossistema está mais forte do que nunca. 

Atualmente a Uniswap é a maior exchange descentralizada do mercado cripto, com liquidez total bloqueada de US$ 2.91 bilhões. 

Gráfico UNI/USDT no VectorPro

O preço do Uniswap varia de acordo com sua demanda e popularidade. No momento em que este artigo é escrito, seu valor unitário é de US$ 25.62, com volume de negociação em 24 horas de  US$ 462.459.510. Para informações atualizadas em tempo real, você pode acessar o site da Uniswap

 

Pronto para negociar?

Agora entendendo tudo sobre UniSwap e a sua importância para o mercado de finanças descentralizadas, você poderá negociar os tokens UNI nas maiores exchanges de criptomoedas do mundo.

Se você gostou desse artigo e quer analisar com mais profundidade os principais indicadores técnicos e dados do Uniswap, conheça o Vector Pro e tenha à disposição as ferramentas mais avançadas de negociação e análise do mercado de criptomoedas!