O que é Solana? conheça a blockchain de terceira geração mais rápida do mundo

A terceira geração blockchain veio para resolver problemas existentes nas versões anteriores. Mesmo que o Ethereum, de segunda geração, tenha introduzido os smart contracts, não conseguiu alcançar uma velocidade muito acima de sua geração anterior, o Bitcoin. 

Atualmente,  a rede  do Bitcoin é capaz de processar apenas 7 transações por segundo (tps), enquanto o Ethereum tem capacidade de 15 tps.  Para você ter uma ideia, a Visa é capaz de processar mais de 24.000 tps. 

O nome deste problema, que ocorre com diversas criptomoedas, se chama escalabilidade. 

Para resolver a questão, Solana pensou e desenvolveu uma fórmula única que deixou Bitcoin e Ethereum comendo poeira. A plataforma incorporou recursos inovadores que lhe permitem operar até 50.000 transações por segundo! Siga lendo este artigo e descubra o que faz a Solana diferente das outras gerações de blockchain e mesmo das concorrentes de terceira geração. 

 

O que é Solana 

Solana é uma exchange descentralizada para a construção de aplicativos descentralizados (dApps). Foi fundada em 2017 por Anatoly Yakovenko, ex-engenheiro da multinacional Qualcomm. 

Junto com os cofundadores Greg Fitzgerald e Eric Williams, Yakovenko queria criar um blockchain que solucionasse questões de processamento e escalabilidade, existentes nas redes Bitcoin e Ethereum. Para isso, a equipe Solana desenvolveu um novo e exclusivo mecanismo chamado prova de história para garantir transações de alta velocidade. 

Em 2018, Fitzgerald codificou a rede blockchain em Rust, uma linguagem de programação que destaca desempenho e confiabilidade sobre a facilidade de uso. No mesmo ano o whitepaper oficial da Solana foi lançado, juntamente com sua testnet interna. Na sequência a rede passou por algumas fases até o lançamento de seu beta em 2020. No mesmo ano também nasceu a moeda nativa da Blockchain Solana, o token SOL, que pode ser usado para taxas de transação e staking. 

 

Como funciona a estrutura da Solana 

A maioria dos protocolos, como Bitcoin e Ethereum, executam o mecanismo de consenso Proof of Stake (PoS) ou Proof of Work (PoW). Solana segue uma combinação que agrega o já conhecido PoS com a inovadora Proof of History (PoH) – um novo mecanismo para processamento rápido de transações. 

A Prova de História é um mecanismo de consenso que fornece uma maneira fácil de validar transações sem qualquer comunicação com os nodes. Para blockchains anteriores, os nodes teriam que se comunicar uns com os outros constantemente para chegar a um consenso sobre o tempo de determinadas transações antes da validação – adicionando cada bloco ao blockchain. 

Na blockchain Solana, todos adicionam um “relógio” aos seus próprios blocos. Então, uma sequência de cálculos fornece um registro digital para provar que um evento ocorreu na rede a qualquer data e horário. 

Já o PoS é um mecanismo de consenso de prova de participação que depende de validadores para proteger o blockchain. Um validador é semelhante a um minerador de Bitcoin ou Ethereum, pois eles são responsáveis pelo processamento de transações recebidas e podem votar para decidir quais blocos são anexados à blockchain. Os validadores desempenham um papel fundamental na manutenção e proteção da rede Solana, e quanto mais participação é delegada a validadores diferentes em redes espalhadas pelo mundo tudo, mais descentralizada a rede Solana se torna.

Essa combinação de PoH e PoS permite que a rede Solana conduza seu processamento a um custo relativamente baixo, quando comparado com as redes blockchain do Bitcoin e Ethereum, com velocidade superior a todas as outras criptomoedas do mercado atual e com segurança.

Solana foi projetada para ser a blockchain mais rápida do mercado. E, além do PoH, emprega outras sete tecnologias inovadoras para cumprir seu objetivo: Tower BFT, Gulf Stream, Turbine, Sealevel, Pipelining, Cloudbreak e Archivers

Tower BFT

O sistema BFT (tolerância prática de falhas bizantinas) aproveita o relógio sincronizado usado no PoH para chegar a um consenso sobre transações de rede.

Este algoritmo permite que os nódulos continuem funcionando mesmo após inúmeras falhas.

Gulf Stream

É o principal responsável pelo rápido processamento de transações (tps) da Solana. 

Ele permite que os validadores de rede executem transações com antecedência, de modo que suas confirmações levem menos tempo. 

Turbine

Este protocolo engloba dados que exigem transferência entre os nós para pacotes de dados menores. Transmitir dados menores de informação ajuda nos problemas de largura de banda e aumenta a velocidade de processamento da rede.

Sealevel 

É uma tecnologia que permite à Solana executar vários contratos inteligentes ao mesmo tempo, obtendo uma execução mais eficiente para a rede.

Pipelining 

É uma unidade de processamento de transações múltiplas que cria diferentes estágios para cada CPU terminar sua tarefa. Fluxos de dados de entrada são atribuídos a diferentes hardwares para que as informações de transação possam ser rapidamente validadas e replicadas em todos os nós da rede.

Cloudbreak

Estrutura de dados que organiza o banco de dados de contas, possibilitando leituras e gravações simultâneas entre os 32 segmentos da rede.

 Archivers

Os dados sobre Solana descarregam de validadores para uma rede de nodes conhecidos como Archivers. Esses nós podem ser laptops básicos ou PCs e estão sujeitos a uma verificação, de vez em quando, para garantir que os dados armazenados neles estejam corretos.

 

SOL, a criptomoeda da rede Solano

SOL é o token nativo e utilitário da rede Solana, usado para apostar e pagar as taxas de transação da rede. Quando comparada com outras criptomoedas, a Solana é a primeira, sem concorrência em termos de velocidade de transação e tempo de confirmação de transações. Como mencionado logo no começo deste artigo, o Bitcoin processa apenas 7 transações por segundo (tps), enquanto o Ethereum tem capacidade de 15 tps.  Já a Solana, é capaz de processar até 50.000 tps. 

Falando em concorrentes de exchanges de terceira geração, Solana também é implacável. Por exemplo, Cardano e Litecoin conseguem realizar 257 tps e 56 tps, respectivamente. Melhor que as gerações anteriores, mas ainda bem atrás de Solana. 

No lançamento da rede, Solana gerou um total de 500 milhões de tokens SOL no bloco gênese. Até o momento, cerca de 260 milhões deles já entraram no mercado, com a distribuição do token SOL da seguinte forma: 16,23% foram para uma venda inicial de sementes, 12,92% dos tokens foram dedicados a uma venda de fundação, 12,79% das moedas SOL foram distribuídas entre os membros da equipe e 10,46% dos tokens foram entregues à Fundação Solana. Desde então, a Oferta Corrente Total foi reduzida através da queima de taxas de transação e em eventos programados de redução de tokens. 

O Sol é usado principalmente como “token de gás” em todas as transações em cadeia e contratos inteligentes da Solana. Pode até ser usado para micropagamentos (chamados “lamports”) dentro do ecossistema. Além disso, seus detentores também podem ganhar recompensas apostando tokens de SOL. 

Solana possui um cronograma de inflação programada. A inflação inicia em seu maior valor e, com o passar do tempo, terá uma taxa de inflação estabilizada em longo prazo. O cronograma segue três parâmetros: Taxa de inflação inicial, taxa de inflação e taxa de inflação de longo prazo.

Taxa inicial de inflação: 8%. Quando a taxa de inflação é habilitada pela primeira vez. A taxa de emissão de tokens só pode diminuir a partir deste ponto.

Taxa de inflação : -15%. A taxa de inflação começa a ser reduzida.

https://docs.solana.com/assets/images/p_inflation_schedule-cdc968e010a430c2d2e44e8472bc4a40.png

Taxa de inflação de longo prazo: 1.5% A taxa de inflação estável e de longo prazo a ser alcançada.

 

Conforme a agenda inflacionária o gráfico abaixo mostra o total de SOL em circulação estimado em anos:

https://docs.solana.com/assets/images/p_total_supply-69dde467997fe91037426f4f25876796.png

 

As métricas para staking são calculadas principalmente em função da % sobre o total de SOL apostado na rede. A equipe Solana modelou o staking introduzindo o parâmetro adicional de % SOL Staked, onde: % SOL Staked = (Total SOL Staked) / (Oferta total)

Os valores de % SOL Staked variam de 60% a 90%. A variação foi determinada pela equipe Solana levando em conta parâmetros como abrangência de intervalo de tempo, feedbacks das comunidades de investidores e validadores, além da observação de protocolos em PoS. 

https://docs.solana.com/assets/images/p_ex_staked_yields-17e7a2e9f09cc55fa4c4741b3c29f56e.png

 

Futuro da Solana

Solana viu ganhos incríveis desde o início de 2021, após fechar parcerias com grandes empresas como FTX, Chailink, além do aporte recebido pela Solana Labs, a equipe de desenvolvimento que gerencia a tecnologia do blockchain Solana, de US$ 314 milhões em financiamento. Em um mês, o token Sol teve um salto de quase 5 vezes o seu valor, passando de US$ 44 para US$ 213, registrado no dia 9 de setembro. 

Porém, no dia 14 de setembro, a rede Solana caiu por mais de 17 horas, quando ficou sobrecarregada com transações, como criação de NFTs e transferências de SOL – o token que no mês anterior havia explodido em valorização. A comunidade em torno do projeto, contudo, minimizou a situação, ressaltando que a rede principal da Solana ainda estava em fase Beta.  Após discussões dentro da comunidade e simulações da equipe desenvolvedora, uma nova versão do software foi disponibilizada. 

Após ascensão e queda, no mês de outubro de 2021 Solana bateu recorde em Valor Total Bloqueado (TVL), de todos os projetos Defi construídos em sua rede, atingindo um total de US$ 12,7 bilhões. O aumento da TVL de Solana mostra que o dinheiro está fluindo para dentro do protocolo, que contribui e participa de seus projetos e apoia seu crescimento.

Com a boa notícia, o Token SOL reagiu, subindo da mínima de US$ 116, em 21 de setembro, para máxima de US$ 194 em 21 de outubro.  

Gráfico SOL/USDT no VectorPro

O preço da SOL varia de acordo com sua demanda e popularidade. No momento em que este artigo é escrito, seu valor unitário é de US$ 183,56, com volume de negociação em 24 horas de US$ $6,843,826,826. Para informações atualizadas em tempo real, você pode acessar o site da Solana

Atualmente, Solana hospeda mais de 565 projetos em seu ecossistema. Confira alguns dos aplicativos que estão disponíveis na Solana aqui.

Pronto para negociar? 

Agora que você sabe tudo sobre Solana e como seu projeto conseguiu atingir o maior objetivo de seus desenvolvedores – deixar as transações cripto mais rápidas – você poderá negociar SOL nas maiores exchanges de criptomoedas do mundo.

Se você gostou desse artigo e quer analisar com mais profundidade os principais indicadores técnicos e dados Solana, conheça o Vector Pro e tenha à disposição as ferramentas mais avançadas de negociação e análise do mercado de criptomoedas!