3 fatores que mais influenciam o preço do bitcoin
3 fatores que mais influenciam o preço do bitcoin

3 fatores que mais influenciam o preço do bitcoin

As criptomoedas são um dos ativos mais valorizados para investimento no atual momento do mercado. A proposta existente nos fundamentos das criptomoedas, faz com que muitos se interessem por esses ativos. O preço do bitcoin gerou grande representatividade nesse mercado, com notícias e análises na mídia.

Porém, há uma dúvida bem comum a respeito do preço dessas criptomoedas: como ocorre a formação de preço dos criptoativos e o que influencia para a sua subida ou queda? Para descobrir, leia esse artigo! Nele, trazemos 3 fatores que têm influência direta sobre o preço das criptomoedas. Acompanhe!

Por que é importante estar atento ao preço do bitcoin? 

Todos os players que estão relacionados com criptomoedas devem estar atentos ao preço do bitcoin criptomoeda. Mesmo que o bitcoin exista independentemente do seu preço de mercado, ainda assim o preço inevitavelmente acaba influenciando os participantes envolvidos, de forma direta ou indireta. Veja abaixo a influência do bitcoin para cada player.

Para traders: Certamente, é o player que mais sofre influência do preço do bitcoin. O trader é aquele que especula com base no preço de um ativo, então é o maior interessado em realizar compras a preços baixos e vendas a preços altos. Certamente, deve estar atento periodicamente a essa criptomoeda. Dependendo do perfil operacional, essa atenção ocorre em segundos, minutos, dias ou semanas.

Para holder: Holders tem papel importante no mercado por acreditarem no valor de um criptoativo. O preço tem papel secundário, mas de qualquer modo um holder que possui bitcoin em carteira acredita que essa criptomoeda tende a se valorizar no futuro, dessa maneira, o preço é importante não como fator principal, mas como confirmador do valor a longo prazo. Um holder não se preocupa com o preço do bitcoin a curto prazo, mas se preocupa a longo prazo.

Para mineradores: Mineradores têm alto custo de energia elétrica e materiais especializados e são pagos por meio das recompensas de bitcoin que recebem por sua atividade. Logo, o preço pode ser um incentivo à mineração, pois quanto maior o preço do bitcoin, consequentemente maior a recompensa para mineradores. E o trabalho dos mineradores é fundamental para a segurança da rede do bictoin como um todo, devido o aumento de processamento. 

Agora, acompanhe os três tópicos que mais influenciam o preço do bitcoin!

Maior uso do bitcoin como tecnologia e meio de troca 

 Assim como qualquer ativo, a credibilidade do mercado de criptomoedas afeta diretamente o preço do bitcoin. Isso ocorre pois se há maior uso da tecnologia, tanto para trading, quanto para compra e venda de mercadorias, isso gera maior interesse pelo ativo, e consequentemente influencia seu preço.

Historicamente, vemos de maneira clara o quanto a credibilidade desse mercado aumentou ao longo do tempo. Nos primeiros anos, ainda era visto com certa desconfiança. Hoje, o bitcoin é visto como uma alternativa às moedas fiduciárias.

O fato do bitcoin possuir uma quantidade limite de 21 milhões ao máximo (ou seja, há uma escassez desse ativo) fez com que muitos apostassem nele como alternativa a moedas que sofrem pela inflação, por exemplo.

A segurança do blockchain

A segurança gerada no conhecimento sobre inviolabilidade da rede, veio com o tempo. Hoje, sabe-se que o bitcoin faz parte de uma rede descentralizada em que todos podem contribuir, porém, ninguém é único responsável por ela. Qualquer um pode contribuir para melhorias no código da rede do bitcoin, porém, é um processo que leva tempo e é revisado por milhares de players da rede.

Esses fatores geraram maior conhecimento nas redes, fazendo com que grandes empresas se vinculassem a essa criptomoeda, e a aceitassem como pagamento. Ou seja, mais força para a credibilidade de mercado. 

O maior uso da rede trouxe credibilidade, consequentemente, afetou a procura pela criptomoeda o que ocasionou aumento do preço.  

Hashrate e a solidez do mercado

Um indicador interessante de ser acompanhado, nesse contexto, é o hashrate. Esse indicador indica o comprometimento financeiro dos mineradores na rede. Se o preço do bitcoin, por exemplo, cair no curto prazo e essa métrica se mantiver estável ou subir, é possível entender que os fundamentos seguem sólidos. Ou seja, vale a pena seguir acreditando nessa tecnologia.

Também, a confiança que implicou no aumento de preço veio por meio de dois pontos muito importantes: o sistema de pagamentos e os custos transacionais.

Sistema de pagamento P2P e custos de transação

Dois pontos que trazem muito crédito ao bitcoin é o sistema de pagamento P2P e os baixos custos de transação.

O que é sistema de pagamento P2P? Nesse modelo, não há intermediadores nas negociações. Não confunda isso com a negociação que ocorre no trade em exchanges. Aqui, está sendo falado a respeito da troca do bitcoin que ocorre diretamente entre os participantes.

Se alguém deseja comprar algo, nesse sistema é só transferir bitcoin para a carteira do vendedor. Ou seja: não há necessidade de intermediários.

O fato de não haver intermediários facilita para que os custos sejam mais baixos. Para realizar uma remessa internacional no modelo tradicional, por exemplo, certamente os custos são altos. Com o bitcoin, é possível encaminhar esse ativo para qualquer lugar do mundo com baixos custos. 

É interessante que isso independe do volume transacionado: não há um percentual cobrado por transação nesse sistema. 

Os baixos custos e a facilidade de transação são tópicos que trouxeram ainda maior crédito ao bitcoin. O preço do bitcoin também é afetado pela entrada de investidores institucionais. Eles são os players que normalmente definem o preço de um ativo.

Entrada de investidores institucionais

A entrada de grandes investidores no mercado de criptomoedas é um forte fator que influencia o preço de forma muito significativa.

Em qualquer mercado, a participação de institucionais implica que pessoas influentes, em diversas áreas do mundo, participam daquele mercado. Então se um grande investidor está comprando bitcoin, alguém de renome, por exemplo, naturalmente isso tende a trazer uma procura por esse ativo. E com a procura, o aumento do preço.

É importante ficar atento ao que as grandes instituições e grandes players do mercado financeiro estão falando a respeito do bitcoin e das criptomoedas. No curto prazo isso pode, em alguns momentos, afetar o preço diretamente.

Em outros mercado se utiliza o princípio que “os institucionais sempre vencem”. Obviamente que institucionais também perdem quando envolve trading. Mas, devido o poder financeiro, são eles os players que movimentam os mercado de forma mais significativa.

Institucionais contam com profissionais de altíssima qualificação: fundos de investimento possuem matemáticos, estatísticos, especialistas em produtos financeiros, entre outros colaboradores de alto padrão. E no mercado de criptomoedas há muito oportunidade. Assim, esses investidores entendem que vale aproveitar esse fluxo e definir a exposição de parte de seu patrimônio nesse mercado.

Vemos  a exposição dos institucionais de forma clara em ações, futuros… e também no mercado de criptomoedas. Para operar bitcoin e não estar na contramão desses investidores (ou seja, comprar quando eles estão vendendo, por exemplo), é importante estar atento a alguns detalhes.

Como um trader pode utilizar a força dos institucionais de maneira profissional

O trader deve aproveitar e realizar operações sempre na mesma direção que institucionais. Obviamente não é fácil de fazer isso: é importante estar atento aos sinais de mercado. Mas tecnicamente, sabemos de fatores básicos que precisam ser seguidos:

Cuidar ao operar em movimentos de exaustão: Mercado subiu demais? Então aguarde a correção para comprar. Realizar compras em exaustão, significa que a compra ocorrerá em preços muito altos. O mercado deve corrigir, você aciona o stop, e depois o mercado volta a subir. Veja a tendência e saiba aproveitar ela. Utiliza ferramentas como médias móveis e Volume at Price para identificar os principais pontos do ativo.

Avalie qual a tendência: Não adianta tentar encontrar reversões a todo momento. A chance de errar é alta. Avalie o movimento, se for o caso faça trades contra a tendência com risco calculado, mas saiba mensurar o risco e não fique tentando achar topos ou fundos. Saiba identificar a tendência.

O aumento do interesse do público, em geral, também é um tópico que tende a interferir no preço do bitcoin. Já ouviu falar em Google Trends? É tema do próximo tópico!

Aumento da busca por bitcoin na internet

Existem várias maneiras de medir o interesse do público sobre algum assunto. Na internet existem várias maneiras: busca por tendências, menções nas redes sociais… tudo isso é parte de grandes comportamentos que vão surgindo.

O bitcoin nasceu na internet. Desde o paper de Satoshi Nakamoto (o primeiro) à propagação, a internet foi a força motriz do bitcoin. Logo, acompanhá-la é um bom indício do que pode acontecer com essa criptomoeda, certo?

Houve uma forte busca pela palavra “bitcoin” após 2013. Em dezembro de 2017, o pico de busca: coincidentemente, também foi o pico de preço do bitcoin. Do mesmo modo que um gráfico de qualquer ativo, o gráfico de procura pela palavra teve seus momentos de “exaustão”. Porém, de modo geral, o preço do bitcoin a longo prazo subiu conforme subiu suas menções na internet.

Isso mostra o engajamento do público: foi visto de forma mais clara o apreço da mídia e dos jornais a respeito do bitcoin nos últimos 3-4 anos. 

Qual o próximo passo?

Difícil prever, mas os indicativos mostram que a força de busca segue aumentando, gerando mais pessoas operando, investindo e entendendo sobre o bitcoin.

Isso favorece essa criptomoeda, educando o restante da população. Novamente, quanto maior a procura, maior a demanda por um ativo. Compradores buscando bitcoin significa que esse ativo deve se valorizar.

Nesse artigo, tratamos sobre os principais fatores que influenciam o preço do bitcoin. E para você, quais são os critérios que acredita que mais influenciam o preço do bitcoin? Coloque nos comentários e continue lendo o blog do Vertex!